jan 13, 2022
Aline

Pela quinta vez, Coppi é recertificada na ISO 9001 sem não conformidades

“Excelência na robustez das informações documentadas de planejamento e conformidade em todos os processos”. Essa foi uma das observações apresentadas na recente auditoria

No último dia 23 de novembro, a Coppi passou por um importante processo: uma auditoria para a recertificação da ISO 9001. A cada três anos, a empresa passa por esse acompanhamento feito por uma empresa acreditada pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), a fim de determinar a conformidade do sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) implementado, de acordo com os rigorosos critérios da Norma ISO 9001.

Desde 2006, a Coppi é certificada no escopo de comercialização de produtos para automação e controle de fluidos, além de vedação, proteção e segurança térmica, união e reparo de tubulações, instrumentos de medição, transmissão, controle e teste de pressão e temperatura. Também, para a prestação de serviços de manutenção de conformidade e calibração de instrumentos de medição. Conforme esta última auditoria, a empresa manteve sua certificação, sem nenhuma não conformidade. Isso demonstra um SGQ bastante estruturado, que sempre foi pautado na satisfação e atendimento dos requisitos de seus clientes.

Destaques

É com orgulho que vamos dividir por aqui algumas das observações positivas apresentadas pelo respectivo auditor em seu relatório final.

– “Excelência no que tange a liderança e comprometimento da Alta Direção, correlacionado e confirmado positivamente ao longo da auditoria”;

– “Excelência na robustez das informações documentadas de planejamento e conformidade em todos os processos”.

Essas observações não são meros elogios. Elas atestam a responsabilidade da Coppi no sentido de cumprir com o que promete: criar valores para a sociedade, indústria e mercado em geral e gerar resultados nos âmbitos econômico, social e sustentável. A conquista da ISO 9001 é resultado de um trabalho coordenado e transparente. As atividades fazem jus ao que a empresa promete.

Recertificação ISO 9001

O termo ISO 9001 é bem conhecido. Você sabe como a recertificação acontece?

Tudo é feito da seguinte maneira. Um processo de auditoria é realizado a cada três anos – sempre após a expiração da certificação anterior. Dentro deste período, também são feitas as auditorias anuais de manutenção da empresa – um processo de extrema importância, pois mostra a melhoria contínua (ou não) do sistema de gestão.

O processo, no geral, é feito em ciclos. Primeiramente, cada organização apresenta a implementação do seu sistema de gestão. Em seguida, vem a chamada Auditoria Inicial com a avaliação dos pontos mais importantes no processo de certificação, no sentido de já evitar problemas graves na fase seguinte. Esta, por sua vez, é a própria Auditoria de Certificação, que traz um parecer sobre as recomendações. E, por fim (sem contar as auditorias anuais de manutenção já citadas anteriormente), caso a empresa seja aprovada, vem a recertificação.

A propósito, quando há uma não conformidade, a empresa tem a chance e um prazo para reparar o gargalo e estabelecer melhorias, de modo a estar dentro de todos os critérios da ISO 9001. No caso da Coppi, nunca houve nenhuma chamada de não conformidade maior, o que mostra o constante comprometimento da empresa e seu SGQ, pautado justamente nos requisitos do cliente. O cotidiano da Coppi é norteado dentro de práticas ideais, com eficiência e eficácia em todos os processos.

Mais uma vez, estamos extremamente orgulhosos por mais essa conquista e agradecemos a todos os envolvidos neste processo!

dez 13, 2021
Aline

Ter uma estratégia prevencionista é essencial e o SPIE é uma opção

O Serviço Próprio de Inspeção de Equipamentos (SPIE) está previsto no anexo II da NR-13

SPIE é homologado pelo INMETRO ou um organismo credenciado como o IBP

Imagine poder estender a cadência de auditorias em equipamentos, reduzir os custos da sua empresa e, ainda, ter equipes mais preparadas para lidar com questões acerca dos vasos de pressão e das caldeiras. Isso sem contar que sua atuação no mercado será mais ecologicamente correta. Essa é a vantagem de possuir o SPIE (Serviço Próprio de Inspeção de Equipamentos), que é previsto no anexo II da NR-13 – Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego, cujo objetivo é condicionar inspeção de segurança e operação em vasos de pressão, caldeiras e tubulações.

Vamos explicar o porquê entramos neste assunto. A Coppi tem uma série de clientes para os quais ela presta serviço de calibração de instrumentos de pressão. Em todos estes anos adquirindo expertise no assunto, notamos a importância do SPIE como estratégia prevencionista.

O SPIE é certificado pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) ou um organismo credenciado, tal como o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás). Ele permite a extensão dos prazos estabelecidos pela NR-13 para inspeção em vasos de pressão e caldeiras. Esse prazo maior contribui para a redução dos custos da empresa no que diz respeito a inspeção em serviços e parada de unidade de produção. Outro retorno oferecido pelo SPIE é a implantação de medidas contra acidentes, inclusive, em relação aos problemas ambientais. A empresa passa a ter um maior controle de suas ações decorrentes das inspeções, manutenções e operacionais.

SPIE reduz custos

Uma empresa que possui um Serviço Próprio de Inspeção de Equipamentos tem redução de custos em diversas áreas:

1. Paradas. Os custos podem diminuir quando há redução de paradas na produção, em virtude da dilatação dos intervalos entre inspeções dos prazos da NR-13;

2.  Manutenção. A ideia é reduzir também a quantidade de manutenções associadas à inspeção;

3. Operacionais. Estes custos também são reduzidos pela prorrogação da campanha, graças aos maiores prazos permitidos pela NR-13;

4. Plano Nacional de Qualidade. A empresa obtém um aumento da sua pontuação;

5. Integração. É possível aumentar a integração da inspeção com a etapa da manutenção.

Requisitos

Vale lembrar que alguns requisitos são essenciais para a certificação de uma empresa no SPIE. São eles:

1. É primordial ter mão de obra qualificada própria, cujo pessoal tenha dedicação exclusiva, formação, qualificação e treinamentos compatíveis;

2. A empresa deve ter profissionais especializados em ensaios não destrutivos (END);

3. Um responsável deve ser formalmente designado para a função;

4. Pelo menos, um profissional deve ser habilitado (PH);

5. A empresa deve manter um arquivo técnico atualizado e mecanismos para a distribuição de informações quando requeridas;

6. A companhia deve ainda contar com procedimentos escritos para as principais atividades executadas;

7. Os equipamentos constantes do operacional devem ser condizentes com a execução das atividades propostas.

A Coppi entende que as empresas que possuem certificação SPIE têm facilidades com a prevenção de gargalos. Entre elas, na manutenção pela racionalização de atividades, no acompanhamento das ações e no controle das recomendações. É ideal envolver os setores de segurança industrial nos processos do SPIE, de modo que seja possível ainda controlar os riscos de acidentes com a inspeção eficaz dos equipamentos.

Para mais informações, destacamos este conteúdo do IBP. Confira também.

nov 1, 2021
Aline

Como a Coppi adquiriu expertise para atender diversos setores?

Em entrevista, o diretor comercial Paulo Martinez explica como a Coppi consegue atender desde o setor automotivo até o alimentício

Paulo Martinez, diretor da Coppi, fala da expertise da empresa

Para responder a pergunta sobre a expertise da Coppi em setores industriais, nada melhor do que “falar” com alguém que conhece a proposta da empresa e seus conceitos desde o início! Diretor comercial, Paulo Martinez atua na companhia desde 2009, com participação ativa em todas as áreas e profundo conhecimento técnico no mercado de manutenção industrial. Paulo conhece a história da Coppi desde quando foi fundada e topou dividir o que sabe dessa trajetória, que transformou a empresa na referência em manutenção industrial que é hoje.
Inaugurada em 1984 por Paulo Roberto Martinez e sua esposa Sonia Conessa Martinez, em Campinas (SP), a Coppi começou no mercado como comercializadora de tintas industriais. Em 1985, passou a distribuir itens de MRO (manutenção, reparo e operações). Foi nessa época também que a empresa se tornou distribuidora autorizada de produtos de vedação e isolamento da marca Teadit.
Confira a entrevista na íntegra!
 
Após comercializar tintas industriais, distribuir itens de MRO e se tornar uma autorizada da Teadit, como a Coppi se tornou o que é hoje?
Paulo: Com o passar dos anos, atuamos com o objetivo de ampliar o nosso mix de produtos, sempre buscando sinergia entre as linhas distribuídas. Tudo para oferecer um portfólio completo de soluções aos clientes. Em virtude disso, incluímos em nossa carteira de distribuição produtos de pressão e temperatura (Willy-Ashcroft), válvulas solenoide (Ascoval) e pneumática (Norgren). Também, acoplamentos e abraçadeiras especiais (Asvotec-Straub). Desenvolvemos ainda serviços especializados correlacionados à instalação e/ou manutenção dos produtos oferecidos pela Coppi. O objetivo é agregar ainda mais valor ao que fornecemos ao cliente. Por sinal, um grande diferencial!


Conte um pouco sobre a atuação da Coppi no mercado industrial
Atuamos em indústrias situadas em todo o território nacional. Atendemos via contratos de fornecimento ou em vendas SPOT. Isso, sem contar nossos canais de atendimento via telefone, e-mail ou Whatsapp. Realizamos também visitas técnicas em clientes que possuem necessidades específicas. Outro ponto importante em nossa atuação neste mercado é a prestação de serviços. Possuímos uma equipe altamente especializada e experiente para especificação dos produtos de nossa linha, além de equipe própria de serviços, o que nos permite realizar trabalhos de manutenção, instalação e calibração com nível de excelência.

Quais são os setores dos principais clientes da Coppi?
A Coppi possui uma carteira de clientes bastante diversificada, também, pela sua localização. Estamos em uma região altamente industrializada e que concentra boa parte das maiores indústrias do país. Campinas é um importante polo industrial. Hoje, os segmentos de maior relevância em nosso faturamento são: Químico, Papel e Celulose, Higiene & Beleza, Alimentício, Automotivo e Sucroalcooleiro. Temos também clientes revendedores, que adquirem o produto com a Coppi e revendem para o cliente final.


Você falou sobre faturamento. O que a Coppi espera do mercado para 2022 neste sentido?
Embora as metas ainda estejam sendo definidas, a perspectiva é positiva. Isso, no que diz respeito ao aumento do faturamento e da rentabilidade da empresa.

Mesmo com os impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19?
Sim! Possuímos uma carteira sólida de clientes ativos e também estamos situados em uma região com grande potencial de negócios. Por isso, estamos confiantes que 2022 proporcionará uma perspectiva de crescimento para a Coppi.

Quais são os produtos de maior demanda da Coppi que justificam esse otimismo?
Trabalhamos somente com marcas líderes em qualidade e participação de mercado. Essa força das marcas que distribuímos, aliado ao diferencial da nossa prestação de serviço e atendimento qualificado, justifica o otimismo.
Temos inúmeros produtos que merecem destaque pela sua qualidade, confiabilidade e desempenho. Os destaques de cada linha são:
Teadit – juntas de expansão, produtos de PTFE (Tealon e 24B), juntas espirometálicas e gaxetas.
Ascoval – válvulas solenoide de 2, 3 ou 4 vias.
Norgren – Filtros e reguladores de ar, além de cilindros pneumáticos.
Willy-Ashcroft – Manômetros, termômetros e pressostatos.
Asvotec-Straub – Abraçadeiras para união e reparo de tubuluações danificadas.


A Coppi tem muitos diferenciais em relação à concorrência. Um deles, é a completude do serviço oferecido. Fale um pouco mais sobre isso para finalizarmos com chave de ouro!
Sobre as linhas distribuídas, trabalhamos com marcas referência em qualidade técnica. O mercado não tem nenhum outro distribuidor com um portfólio tão diversificado e extrema qualidade técnica dos produtos. 
A Coppi tem uma história de quase 40 anos de trabalho no segmento de manutenção industrial – motivo de tamanha expertise e reputação sólida. Nossa especialização técnica também entra na conta: temos 100% de autonomia na especificação de produtos em todas as linhas com as quais trabalhamos, devido à grande experiência e qualificação técnica de nossa equipe. Por fim, quero citar que temos um avançado sistema de gestão e processos, o que é um diferencial significativo, principalmente para os clientes de grande porte.
Posso dizer tranquilamente que a Coppi é uma empresa altamente especializada.

set 4, 2019
nwmidia

Treinamento Realizado

Nos dias 27 e 28/08 nosso representante comercial Ivan Bernardi realizou em conjunto com a Srtª Leiva Silva, da TEADIT, treinamentos técnicos sobre Boas Práticas de Vedação nos clientes ASK CHEMICALS  e STOLLER DO BRASIL  . Cada treinamento teve duração aproximada de 4 horas e cerca de 20 profissionais foram atualizados sobre o assunto.

Nesses treinamentos, além de abordar os principais cuidados na especificação/aplicação de juntas e gaxetas, a TEADIT disponibilizou gratuitamente o Equipamento TGT, que permite aos participantes simular, em tempo real, as melhores práticas para efetuar o aperto de juntas em uniões flangeadas.

Este tipo de treinamento gratuito oferecido pela TEADIT é de grande importância para que nossos clientes possam cada vez mais desfrutar dos produtos de alta qualidade da TEADIT, aliando uma especificação de produto adequada com a aplicação correta em seus processos. Com isso, asseguramos maior desempenho e, consequentemente, menores custos finais à operação de nossos clientes.

jul 18, 2019
nwmidia

Modelo 2198 Tubo Sifão

Você ainda depende de caríssimos capilares com selos e sistemas de fixação para proteger seus instrumentos de altas temperaturas?

 

 

Tubo Sifão 2198 utiliza a tecnologia Ashcroft-MicrotubeT, esse é o único sifão do mercado que pode reduzir a temperatura de líquidos ou gases, permitindo a montagem local de instrumentos de pressão. Aplicável em pressões de até 350kgf/cm2 e em temperaturas de até 427°C, reduz seu estoque a um único item. Tudo isso com a qualidade da Ashcroft-Willy e nossos 160 anos de experiência.

SAIBA MAIS

maio 29, 2019
nwmidia

Ashcroft anuncia uma aquisição da Rüeger SA e da Stiko BV

Ashcroft Inc. (Ashcroft) anunciou o plano de aquisição da Rüeger Holdings SA (Rüeger) na Suíça e da STIKO Meetapparatenfabriek B.V. (Stiko) na Holanda, ambos fabricantes de produtos especializados de medição de temperatura e pressão. A transação deverá ser concluída nos próximos dias.

Rüeger é líder reconhecido em produtos de medição de temperatura e pressão com alto nível técnico, com plantas na Suíça, Alemanha, China e Malásia. As soluções de medição de alta confiabilidade da Rüeger incluem um conjunto abrangente de instrumentos de medição mecânicos e eletrônicos. As inovações da Rüeger se estendem por mais de 75 anos, levando ao desenvolvimento de sensores de temperatura multiponto para aplicações críticas em refinarias e reatores petroquímicos, e tecnologia própria para monitoramento de temperatura com precisão extremamente alta para faixas de até 1050°C.

STIKO é um fabricante especializado de instrumentos de medição de temperatura e pressão, bem como produtos de calibração para laboratório com sede em Roden, Holanda. Fundada há mais de 50 anos, os produtos customizados da Stiko são adaptados para aplicações críticas de segurança nos mercados SubSia, Óleo/Gás, Marítimo, Farmacêutico e Alimentos/Bebidas.

Steve A. Culmone, Presidente e CEO da Ashcroft declarou: “Estou animado em anunciar a aquisição da Rüeger e Stiko pela Ashcroft Inc., aproveitando o poder de marcas globais fortes e adicionando um portfólio impressionante de produtos e soluções altamente técnicos. Isso aumentará nosso valor para os clientes em todo o mundo e acelerará nossa participação em nossos mercados atendidos.

O foco da Ashcroft sobre a proteção das pessoas, dos processos e dos lucros dos nossos clientes será reforçada com esta fusão e permitirá a execução intensa de crescimento global.

Esta é uma oportunidade muito estimulante para a empresa, para nossos funcionários, nossos parceiros e clientes. Nosso maior patrimônio sempre foi nosso pessoal, e por essa aquisição nós continuaremos a fortalecer a qualidade desse patrimônio”.

Bernard Rüeger, presidente do Rüeger Holdings SA declarou: “Estamos muito confiantes de que a marca Rüeger vai continuar à crescer com sucesso dentro da Ashcroft, graças a novas sinergias de mercado ao redor do mundo e à natureza complementar de nossos respectivos produtos”.

SOBRE ASHCROFT

A Ashcroft foi fundada há mais de 165 anos com a missão de proteger nossos clientes com uma marca reconhecida por sua confiabilidade e inovação nos campos de medição de pressão e temperatura. A Ashcroft mantém operações nos Estados Unidos, México, Brasil, Alemanha, China e Cingapura, além de mais de 235 parceiros de canal de vendas em 55 países, apoiando nossos clientes em todo o mundo. Ashcroft está sediada em Stratford, CT, EUA e é uma subsidiária de Nagano Keiki Co., Ltd. com sede em Tóquio, no Japão.

maio 28, 2019
nwmidia

Manômetro de Processo Frente Sólida de Inox – modelo 1209

Ashcroft-Willy traz ao mercado mais um de seus lançamentos: o moderno e inovador Manômetro de Processo Frente Sólida de Inox – modelo 1209, especialmente desenvolvido para suportar, por muito mais tempo, as condições extremas de processos Químicos e Petroquímicos.

1209 foi criado para ser o novo padrão em aplicações de Processo, unindo um menor custo de manutenção, uma maior precisão na leitura e a vida útil mais longa do mercado. Para saber mais, acesse www.ashcroft.com.br e conheça também todos os produtos Ashcroft-Willy.

 

 

 

Acesse o Catalógo do 1209.

maio 27, 2019
nwmidia

Chaves de Pressão com Baixo Custo de Aquisição e Alto Nível de Limpeza

  • Os pressostatos mais resistentes do mercado.

  • A maior vida útil da categoria.

  • O melhor custo benefício.

Quem precisa de maior precisão no controle tem de conhecer os pressostatos modelos APA e APS da Ashcroft. Testados para 100 milhões de operações, eles apresentam maior confiabilidade no ponto de disparo, além de possibilitarem calibração em campo e emissão de certificado, sem sua retirada do processo.

Saiba Mais sobre os modelos APA e APS

abr 25, 2019
nwmidia

Opcionais Manômetro N5500

 

Recentemente, a Ashcroft-Willy trouxe até você o N5500, moderno e inovador Manômetro de Processo para medição de baixa pressão de gases.

Além dos baixos custos de aquisição e manutenção, o N5500 apresenta aumento de vida útil e melhoria de precisão na leitura através de opcionais:

• Resistência a sobre pressões de até 10 vezes o fundo de escala (opcional XHP);

• Resistência a vibrações através de enchimento de glicerina na caixa (opcional XGR);

• Resistência a corrosão ambiente (caixa em 316L – opcional XYW);

• Precisão de 1% do fundo de escala (opcional XAN).

mar 13, 2019
nwmidia

Manômetro Ashcroft Willy Brasil modelo N5500 Lançamento

É com muito orgulho que a Ashcroft-Willy apresenta ao mercado seu mais moderno e inovador Manômetro de Processo para medição de baixa pressão de gases, modelo N5500.

Aliando baixo custo de aquisição ao menor custo de manutenção, o N5500 traz um novo conceito na medição de baixa pressão de gases.

Saiba mais sobre esse produto da Ashcroft Willy Brasil:


O Manômetro de Processo para Baixas Pressões de Gases Ashcroft® modelo N5500, com cápsula em aço inoxidável tornou-se um padrão da indústria para baixas pressões. Proporciona alta confiabilidade, versatilidade e desempenho, é um produto ideal para atender muitas aplicações e requisitos de instalação.

Características Principais

  • Mecanismo todo em aço inoxidável
  • Proteção contra sobre pressão opcional até 10 vezes F.E.
  • Soquete soldado à caixa
  • Opcionalmente caixa cheia de líquido, amortecedor de vibrações

Especificações

  • Precisão: ± 1,6% de F.E., opcional ± 1,0% F.E.
  • Faixas de pressão: -6 … 0 até 0 … 600 mbar (-60 até 6.000 mmH2O)
  • Tamanho Nominal: 100 mm (4″) e 160 mm (6″)
  • Cápsula / soquete: aço inoxidável 316
  • Material da caixa: aço inoxidável 304 ou 316
  • IP54 ou IP65 se a válvula de ventilação estiver fechada

APLICAÇÔES

O Manômetro de Processo para Baixas Pressões de Gases Ashcroft® modelo N5500 é ideal para atender muitas aplicações e requisitos de instalação.

Mercado de Processos

  • Indústria Química e Petroquímica
  • Bombas de vácuo
  • Medição de gás em queimadores
  • Fornos a vácuo

Mercado Industrial

  • Ar condicionado
  • Indústria de alimentos e bebidas
  • Construção de máquinas e aparelhos
  • Detectores de vazamento

 

CERTIFICADOS

  • Certificado de conformidade de materiais, calibração por grupo de instrumentos e garantia
  • Certificado ponto a ponto com acreditação RBC/INMETRO (*)
  • Certificado 3 pontos com padrões rastreáveis a RBC/INMETRO
  • Certificado típico de materiais com cópia do certificado de matéria-prima (EN 102042,2)
  • Certificado de conformidade com a Norma NACE
Páginas:1234567...35»

A COPPI tem forte atuação no setor de manutenção industrial, oferecendo serviços de recuperação de instrumentos.

13 minutos ago

Contato

Entre em contato conosco, teremos imenso prazer em atendê-lo!

Rua P. Camargo Lacerda, 157
CEP: 13070-277 | Campinas / São Paulo

coppi@coppi.com.br

Fone: (19) 3241.1400
WhatsApp: (19) 99363-1535