Navegando em "Arquivos Industrial - Coppi"
dez 13, 2010
nwmidia

Semana de Manutenção Unilever 2010

A Semana de Manutenção UNILEVER |SEMAU – 2010|, que aconteceu no site de Indaiatuba entre os dias 08 e 10 de dezembro, apresentou as novidades do setor de manutenção industrial para seus funcionários e terceiros. Dentre as novidades apresentadas, destaque para as inovações como o  isolamento té rmico removível. Pela primeira vez, a COPPI expôs em seu estande o ISOLAFÁCIL . Os isolantes removíveis e reutilizáveis são considerados produtos inovadores, de última geração, e podem ser utilizados para isolamento de tubulações, conexões e equipamentos. A sustentabilidade é uma preocupação constante para a COPPI que vê em sua parceria com os produtos ISOLAFÁCIL uma forma de fornecer ao mercado produtos que minimizem o nível de desperdício de energia nas indústrias e que não degradem as reservas naturais do nosso planeta. O ISOLAFÁCIL é fácil de instalar, é removível e reutilizável. Em seu stand a COPPI também contou com a presença de seus fornecedores/parceiros TEADIT, NORGREN, WILLY|ASHCROFT e ASCOVAL.

SEMAU 2010

set 1, 2010
nwmidia

Fenasucro&Agrocana inicia com mais de 4 mil visitantes

Da esquerda para a direita: Paulo Martinez (COPPI), Eng. Sênio Goulart (TEADIT), Aline Martinez (COPPI) e Eng. Cristiano Sebastião (TEADIT).

A 18ª edição da Fenasucro e oitava da Agrocana receberam juntas, neste primeiro dia de evento, 4395 visitantes de 16 estados brasileiros de todas as regiões do país, além do Distrito Federal. Dentre os estados estão: Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio de Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo.

As Feiras também receberam visitantes de 19 países, como África do Sul, Angola, Argentina, Áustria, Bolívia, Colômbia, Cuba, Equador, Estados Unidos, França, Guatemala, Holanda, Itália, Paraguai, Peru, Porti e Venezuela.

A expectativa da organização é que, durante os quatro dias de evento, cerca de 30 mil profissionais visitem os estandes dos 450 expositores apresentados nos Pavilhões do Centro de Eventos Zanini. A Fenasucro&Agrocana acontecerá até o dia 03 de setembro, das 13 às 20 horas, sendo que o credenciamento pode ser realizado todos os dias, até 19 horas.

Fonte: http://www.fenasucroeagrocana.com.br

ago 24, 2010
nwmidia

Tipos construtivos de Juntas Metalflex® – Parte II

Tipo 913

Indicadas para flanges com ressalto, liso ou sobreposto, constituem-se no tipo de junta Metalflex de maior utilização na indústria em geral devido à sua versatilidade de aplicação, aliadas ao baixo custo.

Tipo 913M

Projetadas para trabalho a vácuo, pressões e temperaturas elevadas,
possuem anel interno que também evita o acúmulo do fluido nos flanges e
minimiza a turbulência e flambagem. Segundo o ASME as juntas Metalflex com enchimento de PTFE, devido à tendência de flambagem desse material, devem, mandatoriamente, ter anel interno pois evita riscos de rompimento das espiras e danos aos equipamentos do sistema.

Tipo 914

Utilizadas largamente na vedação de portas de visitas e inspeção de caldeiras, postigos (manhole e handhole), cabeçotes e escapamentos de motores, as Juntas Metalflex são rigorosamente dimensionadas e proporcionam vedação segura e confiável, mesmo em condições cíclicas de operação.

Para maiores informações consulte-nos www.coppi.com.br

Fonte: www.teadit.com.br

ago 24, 2010
nwmidia

Tipos construtivos de Juntas Metalflex® – Parte I

Tipo 911

Utilizadas em flanges tipos macho-e-fêmea, lingüeta e encaixe de tubulações ou equipamentos e castelos de válvulas, constituem-se no tipo básico de Juntas Metalflex.
As juntas 911 fabricadas para trocadores de calor de passes múltiplos, possuem divisórias em dupla camisa no mesmo material da espira que, fixadas a plasma, formam um conjunto resiliente de alta selibilidade e possuem o código de 911T

Tipo 911M

Desenvolvidas basicamente para as mesmas aplicações do tipo 911, possuem anel interno que lhes proporciona maior resistência em trabalhos a vácuo, altas pressões e temperaturas. Além disso, evita o acúmulo do fluido de processo nos flanges diminuindo riscos de corrosão, evita flambagem das espirais e minimiza a turbulência.

Para maiores informações consulte-nos www.coppi.com.br

Fonte: www.teadit.com.br

ago 24, 2010
nwmidia

Juntas Industriais – Espirais

A TEADIT produz Juntas Espirais que combinam o material adequado para absorver severas flutuações de pressão e temperatura, seguindo rigorosas especificações da norma ASME B16.20. Em forma de espiral as juntas são fabricadas a partir de metal enrolado com um material de vedação. Este formato preenche as irregularidades dos flanges assegurando uma vedação hermética e alta resistência à pressão do fluido e variações das condições operacionais.

Juntas Metalflex® 913 – 913M, soluções para vedação em indústrias

As Juntas Metalflex 913 e 913M são Indicadas para flanges com ressalto, liso ou sobre-posto, constituem-se no tipo de junta Metalflex de maior utilização nas indústria em geral devido à sua versatilidade de aplicação, aliadas ao baixo custo.

Para maiores detalhes consulte-nos www.coppi.com.br

Fonte: www.teadit.com.br

ago 3, 2010
nwmidia

Juntas

O sucesso da vedação é decorrente de vários fatores entre os quais estão a qualidade da matéria-prima utilizada, a perfeita seleção do tipo de junta e do material da mesma e o conhecimento de todos os dados operacionais e de aplicação. Ou seja, uma união flangeada, para ser vedada, precisa ter uma especificação perfeita. Feita essa especificação, definido o tipo e material da junta, esta tem que ser fabricada dentro de rígidos critérios e tecnologia de modo a respeitar todos os limites, quer dimensionais ou construtivos, de norma, assegurando, assim, a performance e boa selabilidade. As juntas de vedação Teadit têm qualidade incomparável e são a garantia, sem risco, da perfeita selabilidade e melhor custo-benefício.

Fonte: www.teadit.com.br

ago 3, 2010
nwmidia

Calibração de Manômetros Industriais

Na calibração de manômetros industriais um dos fatores mais importantes é o ajuste do zero que é feito colocando-se o ponteiro no valor mínimo da escala com o tubo de Bourdon em estado de repouso, isto é, pressão interna do tubo igual à pressão atmosférica. Nesta posição, uma vez que este manômetro mede a pressão diferencial, o valor medido deve ser rigorosamente zero.

A multiplicação ou faixa é ajustada variando-se o comprimento da haste da alavanca dentada. Quanto maior for o seu comprimento, menor será a faixa. A angularidade do manômetro é ajustada variando-se o comprimento. O cabelo do manômetro não influi na calibração, mas tem a função de eliminar a faixa morta devido à folga que há entre os dentes das engrenagens e dos pinos. A precisão dos manômetros comuns é da ordem de +/- 1% da escala total, mas os manômetros padrão devem ter uma precisão maior, da ordem de +/- ¼%.

ago 2, 2010
nwmidia

Ashcroft® – Instrumentos de Medição

Empresa pertencente à Ashcroft® Inc., multinacional americana composta por fábricas na Alemanha, Brasil, Canadá, Estados Unidos, México e Singapura, além de Joint Ventures na Arábia Saudita e Venezuela. A Ashcroft é hoje Líder Mundial em Qualidade no Segmento de Instrumentos de Medição, Transmissão, Controle e Teste de Pressão e Temperatura.

Fundada em 1850, ano da invenção do manômetro, a Ashcroft incorporou outros produtos ao longo da sua história tais como termômetros, pressostatos e termostatos, transmissores de pressão e temperatura e equipamentos de teste e medição, sob sua marca própria ou por meio da aquisição de outras marcas de igual nível tecnológico e de qualidade. São elas: Heise®, Weksler® e Willy®, marca líder no Brasil desde a fundação de sua primeira fábrica em 1934.

De janeiro de 1950 a novembro de 2005, a Ashcroft esteve sob o controle da Dresser Inc., passando em dezembro de 2005 à condição de empresa autônoma.

Sua unidade fabril Brasileira localiza-se em São Caetano do Sul, no Estado de São Paulo, sendo certificada pelo Bureau Veritas Certification sob a Norma ISO 9001:2000, com acreditação do governo inglês, que atesta a qualidade mundial de seus produtos e serviços. Seu laboratório é credenciado pelo INMETRO para emitir certificados para a grandeza pressão em seu nome.

A Ashcroft orgulha-se também de ser a primeira empresa do segmento a obter a certificação ISO 14000, comprometendo-se a conduzir seus negócios em harmonia com o meio ambiente, atendendo às exigências legais e normas ambientais aplicáveis.

Sua estrutura, composta por uma equipe de técnicos e engenheiros presentes em fábricas, escritórios regionais e em uma ampla rede de distribuidores, oferece atendimento especializado em vendas e suporte técnico nos principais Centros Industriais do Mundo.

Estas são as características fundamentais do sucesso da “Qualidade Mundial Ashcroft® Inc.”, uma empresa sólida, séria e respeitada no mercado, em sua continua busca de soluções para representar sempre a “Alternativa de Melhor Valor Total” para seus Clientes, Funcionários e Investidores.

Fonte: www.ashcroft.com.br

ago 2, 2010
nwmidia

Manômetros

O Manômetro (português brasileiro) ou Manómetro (português europeu) (do gr. μανός, ligeiro, pouco denso, e -metro) é um instrumento utilizado para medir a pressão de fluidos contidos em recipientes fechados. Existem, basicamente, dois tipos: os de líquidos e os de gases. Muitos dos aparatos empregados para a medida de pressões utilizam a pressão atmosférica como nível de referência e medem a diferença entre a pressão real ou absoluta e a pressão atmosférica, chamando-se a este valor pressão manométrica; tais aparatos recebem o nome de manômetros e funcionam segundo os mesmos princípios em que se fundamentam os barômetros de mercúrio e os aneróides. A pressão manométrica se expressa bem seja acima ou abaixo da pressão atmosférica. Os manômetros que servem para medir pressões inferiores à atmosférica se chamam manômetros de vácuo ou vacuômetros.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

jun 7, 2010
nwmidia

O que faz um profissional da manutençao industrial?

 

Planejar, implantar e gerenciar os serviços de manutenção de equipamentos e sistemas mecânicos, elétricos e eletrônicos em indústrias é função desse tecnólogo. Ele faz a conservação de ferramentas, componentes e peças mecânicas, como tornos e caldeiras. Cuida das instalações elétricas das linhas de produção. Pode especializar-se em preservação de circuitos eletrônicos e microprocessadores de controle de sistemas de fabricação ou em instalações prediais e sistemas eletrônicos de segurança industriais ou residenciais

Páginas:123»

A COPPI tem forte atuação no setor de manutenção industrial, oferecendo serviços de recuperação de instrumentos.

13 minutos ago

Contato

Entre em contato conosco, teremos imenso prazer em atendê-lo!

Rua P. Camargo Lacerda, 157
CEP: 13070-277 | Campinas / São Paulo

coppi@coppi.com.br

Fone / WhatsApp:
(19) 3241-1400